Skip to content

Barack Obama

06/11/2008

Na última edição de Veja há uma entrevista com o historiador Demétrio Magnoli. Lá pelas tantas ele afirma que a eleição de Lula teve, em certo sentido, um lado bom: a mudança do discurso petista sobre a política.

A eleição de Barack Obama para a presidência dos EUA terá, a meu ver, um impacto parecido sobre o discurso racialista mundial. Obama governará como um homem comum, algo que sempre foi, e não como um negro, uma característica acessória.

Isso é importante. A raça não deveria dignificar nem humilhar ninguém. Obama será o presidente de todos, pelo simples motivo de que essa é a lógica da democracia.

Há 60 anos negros americanos eram obrigados a usar banheiros exclusivos, tomar ônibus exclusivos e correr como o diabo para não serem enforcados na árvore mais próxima.

Com a eleição de Obama, a cor deixa de ser um impedimento, mas não pode tornar-se um manto sagrado.

Quando todos achavam que o império ruiu, eis que América nos mostra, novamente, porque é grande. Bela vitória.

Anúncios

From → Política

3 Comentários
  1. “A raça não deveria dignificar nem humilhar ninguém” – boa

  2. Caro Daniel,
    Obama vai mudar alguma coisa. No contexto internacional, os interesses dos EUA são tão grandes (principalmente os protecionismos) na área econômica, que pouco ele poderá fazer; no entanto, nos micropoderes, ele vai mudar significativamente muitas coisas: ajustes no modelo racial americano e ocidental, mais apoio aos pobres e vai amenizar as tensões com os inimigos de sempre: Cuba, Rússia, Irã.
    Lisandro

  3. uaiehiuaheiuhae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: